Ainda não há comentários

“Alinhando o coração”

Não sei se você conhece ou já viu um prumo. O prumo é um objeto usado em construções, é um instrumento indispensável ao construtor, é uma linha com uma espécie de peso na extremidade, ele serve para alinhar paredes e muros, colocando-os perfeitamente verticais, sem nenhuma inclinação ou pendência.
No capítulo sete do livro de Amós, ele percebe que a nação está totalmente desalinhada, fora da vontade de Deus, contrária aos mandamentos excelsos do Senhor e a compara a um muro torto, completamente fora de prumo.
“Mostrou-me também assim: eis que o senhor estava junto a um muro levantado a prumo, e tinha um prumo na mão. Perguntou-me o Senhor: Que vês tu, Amós? Respondi: Um prumo. Então disse o Senhor: Eis que eu porei o prumo no meio do meu povo Israel…” (Am. 7.7-8)
O povo se encontrava infiel, fora dos padrões determinados pelo Senhor. Sempre que eles estavam no aparente conforto de sua prosperidade, desviavam o seu coração dos preceitos de Deus.
Esta ilustração nos conclama a avaliarmos as nossas práticas à luz da Bíblia, analisando a verdadeira “planta” de Deus. Para que em nós não seja encontrado um coração desalinhado. Deus é reto em todos os seus caminhos e caráter, somente Ele pode trazer retidão para nossa vida, assim como o prumo traz a verticalidade a uma parede.
A ação de Deus em passar o prumo no meio de Seu povo lhe revelaria o que precisava ser endireitado, corrigido e até derrubado. Para alinhar o nosso coração, pode haver a necessidade de derrubar algumas crenças, remover entulhos de emoções nada sadias e fazer uma varredura completa. Que toda tortuosidade que porventura exista em nosso ser seja removida pela ação do nosso Senhor em nos fazer andar em santidade. O bjetivo do prumo de Deus é nos endireitar de todo desalinhamento, para que haja completa restauração.

Amo vocês
Clébia ✌

Publicar um comentário